quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Obrigada Domingos Oliveira

Estava eu em casa, meio nostalgica, meio sonolenta, meio insatisfeita, meio ansiosa... Mas com o seguinte dilema: fico aqui ou vou pro bar que não sei onde é, com a roda de quem não sei quem é e sozinha? Bom, resolvi assistir um filme, sim porquê a novela que estava passando era a das seis.
Comecei a devorar "amores", que filme bom, que roteiro primoroso!
Aí quase que como milagre me deu uma vontade de viver, uma vontade imensa. Saí. A roda maravilhosa, o bar delicioso, as músicas que amo, sem microfone e com vários novos amigos.
Na dúvida, é melhor fazer o mais arriscado. O seguro, é preguiçoso.

Um comentário:

vanessa disse...

o negócio é se jogar!

quero ver o filme